quinta-feira, 24 de julho de 2008

Nó na garganta.

Depois de tantos desentendimentos, levou a mão ao pescoço e afrouxou a gravata.

Nenhum comentário: